Wednesday, March 08, 2017

Dia Internacional da Mulher : Amy Krouse Rosenthal, uma história de amor






Amy Krouse Rosenthal
writer
credits: Kevin Nance 
http://www.chicagotribune.com/

Buscando paisagens em abstractos lugares, vou de porta em porta digital, abrindo saberes ou apenas ideias para ultrapassar um ou outro momento de impasse, no dia-a-dia enfadonho das obrigações. Bem comum a cada um de nós, quando confrontados com a insensatez do prosaico.

Gosto de literatura! Todos sabem! De bons livros, de excelentes autores! Mas, tenho um carinho especial pela literatura infantil e juvenil. 

Não é fácil escrever para crianças. Daí o meu apreço pelos bons e originais autores de livros para crianças.

Considero, tal como afirmava Sophia de Mello Breyner, que escrever para crianças é como não perder a sua alma de criança. É isso.


[...] ensinou-nos que os poetas eram todos uns personagens extraordinários, que apareciam a horas imprevistas e diziam coisas surpreendentes
.

Miguel Sousa Tavares, E Ela Dança
in Público, 1999

É certo que a maior parte dos autores, hoje em dia, investe mais na imagem do que na palavra. Compreende-se. É mais fácil cativar a atenção das crianças.

Mas também a ilustração tem um saber pegar no imaginário da criança. Tudo isso, palavras, imagens, só serão cativantes se o autor já adulto cria, em palavras ou imagens, conservando no ser e no estar, a magia da infância!





Ao deparar-me com esta autora norte-americana de literatura infantil e juvenil, sorri! Amy Krouse Rosenthal não esqueceu ainda a singularidade de ser criança!

Não sei se conhecem este vídeo! Mas, para o caso de ser a primeira vez que o visionam, vão sorrir mesmo sem dar por isso! Como quem deixa cair uma poeira de estrelas no adulto sério que temos que ser, ao longo dos dias.







Verdade! Digam lá! Não se deixaram conduzir pela magia? Só pode, perante uma imaginação tão naïf!


Foi apresentada no Writer's Block Party (Agosto 2008) do Chicago Public Radio! Isso aconteceu para chamar a atenção do público na Book Expo America (2009), que abriu nesse ano, em 28 Maio, Nova Iorque. 

Mais tarde, escreveu um livro lindo Plant a Kiss que tenho entre os meus livros mais preciosos.







De repente, deparei-me no dia 3 Março, com um artigo no New York Times com o título original. You May Want to Marry My Husband escrito por Amy Krouse Rosenthal. Reconheci o nome de imediato e comecei a ler. Fiquei estarrecida.

A autora está com uma doença terminal e, num acto de amor, escreveu este artigo em que faz perfil do marido para arranjar uma futura companheira:







credits. Brian Rea

"I have been trying to write this for a while, but the morphine and lack of juicy cheeseburgers (what has it been now, five weeks without real food?) have drained my energy and interfered with whatever prose prowess remains. "

(...)

As for the future, allow me to introduce you to the gentleman of this article, Jason Brian Rosenthal.

He is an easy man to fall in love with. I did it in one day."


E Amy continua, apresentando uma lista de atributos do marido, como companheiro, como pai (Amy e Jason têm três filhos, (uma delas foi cúmplice da mãe no vídeo acima apresentado), entre episódios cheios de humor, talvez para desdramatizar o momento que vive. Até que termina:

"I want more time with Jason. I want more time with my children. I want more time sipping martinis at the Green Mill Jazz Club on Thursday nights. But that is not going to happen. I probably have only a few days left being a person on this planet. So why I am doing this?


I am wrapping this up on Valentine’s Day, and the most genuine, non-vase-oriented gift I can hope for is that the right person reads this, finds Jason, and another love story begins."

Amy Krouse Rosenthal, You May Want to Marry My Husband
in New York Times, March 3, 2017

Não será necessário dizer como me senti quando terminei de ler o artigo.







Amy Krouse Rostenthal 
credits: TEDx Waterloo conference
February 25th 2010


Amy K Rosenthal é hoje uma conceituada escritora, best-seller do New York Times. Teve várias participações no célebre TED Talks (2010, 2011, 2012, 2015). 






Escreveu artigos para New York TimesHallmark MagazineParentingO: The Oprah Magazine.

Continua empenhada em novos projectos e a escrever livros, sendo que o último livro para crianças, That's Me Loving You, Dezembro 2016. 

Esta a minha homenagem no Dia Internacional da Mulher. Amy Krouse Rosenthal.


Li com emoção... Amy Krouse Rosenthal morreu hoje. 


Dêem-lhe noites com "jardins invadidos de luar". E ela dançará.

Miguel Sousa Tavares, E Ela Dançará


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores,celebrando o Dia Mundial da Mulher

06.03.2017
actualizado 13.03.2017
Copyright ©2017-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

Nota: Post publicado em Maio 25, 2009, foi hoje reescrito e actualizado. Os comentários do post inicial continuam anexos.


14 comments:

DarkViolet said...

Com o título fizeste-me lembrar um projecto dum amigo meu no qual está a ter sucesso: através de cada espaço no tabuleiro de xadrez dar uma respectiva nota ou desesenho, e à medida que o jogo vai evoluindo cria-se uma canção. o problema é que ele nao percebe muito de música e criou a cada espaço uma nota aleatória, mas como o jogo tb é diferente em cada partida tb nao interessará:) Acho que nao me dispersei muito, a criatividade é um poço sem fundo quando assim se deseja.
Quanta à família andresen estou com um pé atrás devido ao que um amigo meu me disse, mas isso nao posso contar porque ele pediu-me segredo ;)

Mar Arável said...

Sofia

a nossa

Vergo-me

Nilson Barcelli said...

Escrever para crianças não deve ser nada fácil e, tal como disse Sophia de Mello Breyner, "escrever para crianças é como não perder a sua alma de criança".
Um belo post querida, gostei imenso.
Boa semana, beijo.

Å®t Øf £övë said...

Miosótis,
Hoje que é o Dia Mundial da Criança, é bom estarmos alerta para a importância que a literatura infantil tem na educação e nos hábitos futuros de qualquer criança.
Bjs.

Miosotis said...

Hum! Dark_ me parece bastante interessante o projecto de teu amigo!

Bom, nem todos os poetas 'sabem' poesia, mas ela brota!
Quem sabe, teu amigo, mesmo sem perceber muito de música, está compondo algo interessante!?

É isso! A criatividade é um bem precioso do ser humano!

Pelo olhar atento e amistoso, sensibilizada!

Y.

... não sei a que te referes sobre a família Andresen!? Mas, quase sempre, separo a criatividade da vida pessoal.
Se não o fizesse, detestaria, por exemplo, a beleza da poesia de Eugénio de Andrade!

Miosotis said...

Sophia é uma imensidade!

Das 'poetas' mais profundas da literatura portuguesa! Venero, como tu!

Sensibilizada, 'mar arável' pelo seu olhar em 'fragmentos'!

Miosotis said...

... aí reside o grande segredo da criação em literatura infantil e juvenil, Nilson! Sophia sabia o que dizia...

Continuo a encantar-me com seus livros!

Descobri este vídeo de Amy Krouse Rosenthal a propósito de um outro que ela fez para cativar seus pequenos leitores a comparecer na 'BEA 2009'!
Uma delícia!

Boa semana!
Um beijo,

... pelo olhar amistoso, sensibilizada!

Miosotis said...

Eu sei, 'Art'_ costumo estar atenta :)

Mas é um facto! Os livros têm uma importância fundamental na educação das crianças e dos jovens!

E o gosto de ler 'cativa-se' aos pouquinhos, transmitindo o prazer que os livros nos dão...

Um beijo,
... pela amizade ao longo do tempo, sensibilizada!

arion said...

Por essas e por outras e que gosto tanto de ilustração.

Miosotis said...

... eu também, 'Arion'!

Boa semana!

Mathias said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Lune Fragmentos da noite com flores said...

Amy Krouse Rosenthal morreu hoje. No seu último livro para crianças That's Me Loving You, esreveu:

Wherever you are,
Wherever you go,
Always remember
And always know...

That feeling you always have in your heart?
That’s me loving you.

Amy Krouse Rosenthal, That's Me Loving You

Manuel Veiga said...

beijo

Lune Fragmentos da noite com flores said...

beijo, Manuel